Em tempos difíceis espere o melhor de Deus

Em tempos difíceis espere o melhor de Deus, da vida e das pessoas.

Em tempos difíceis eu procuro me lembrar do tempo em que eu me sentia em paz, em que tudo estava fluindo e que o melhor estava acontecendo em minha vida.
Em tempos difíceis eu procuro me recordar dos dias de sol na praia, do som das ondas do mar, da sensação do vento em meus cabelos e do sabor do peixe na brasa.

Em tempos difíceis espere o melhor de Deus

Em tempos difíceis eu procuro alimentar a esperança de que se um dia estive na melhor e hoje estou em um momento crítico, o bom momento voltará.
Em tempos difíceis eu procuro recordar a sensação de sossego, de riso solto, da música que estava tocando naquele dia feliz, naquela comemoração entre familiares, naquela promoção no trabalho, naquele banquete que eu comi até não aguentar mais.
Em tempos difíceis eu me lembro do som da gargalhada e do som do choro, nem sempre o meu, às vezes do outro.

Lembro que já consolei e já fui consolada. Que já ajudei a remendar os pedaços do coração de alguém e que alguém em algum momento alguém trouxe conforto ao meu coração magoado e triste.

Lembro da canção no rádio e de como me sentia naquela tarde de domingo chuvoso.
Lembro do cheio de broa no forno para o café da tarde e que mais uma vez nos sentaríamos na mesa e jogaríamos conversa fora.
A vida é exatamente essa mistura de momentos, instantes, pessoas, emoções, lembranças e sabores. O sentir, o faltar, o pensar e o realizar.
Nem sempre na mesma ordem. Nem sempre do mesmo jeito.

Às vezes sem sair do lugar viajamos para lugares distantes e ficamos ali parados no tempo imaginando como seria a vida se o momento não fosse tão difícil.

Às vezes viajamos no tempo e voltamos ao passado e nos recordamos de instantes mágicos e simples que não voltam mais.
Mas que fizeram todo sentido e tiveram importância suficiente, tornando-se assim inesquecíveis ao coração.

Deixe um comentário