Dentro do meu coração tem um pássaro que quer cantar

Dentro do meu coração tem um pássaro que quer cantar a sua canção, mas não sei ainda se devo ouvir a sua melodia. São tempos tão difíceis, então eu fiquei pensando: Será que o meu pássaro será capaz de cantar uma canção de amor?

O ódio está por toda parte e pensando bem até que seria agradável fechar os olhos, respirar fundo e apenas ser levada pela voz suave do pássaro que dentro do meu coração implora para que eu o deixe cantar.

Será que é egoísmo da minha parte escolher a minha canção e não permitir que ele cante o que ele quiser?

E, assim tem sido os meus dias. Dias em que o pássaro ganha voz e tem algo a dizer e dias em que ele fica encolhido dentro do peito ganhando força para cantar novamente.

Há um pássaro dentro do meu coração que gosta de cantar a sua canção de amor, de tristeza, de medo e de raiva. Mas eu já lhe disse pra ter cuidado com o que canta, afinal meus ouvidos são sensíveis.

Há um pássaro em meu coração que cantou uma canção que me emocionou. Ele me fez acreditar que toda tristeza vai passar e que seremos todos felizes novamente.

Eu segurei as lágrimas, mas ele sabe que eu entendi, que eu senti e que me fez tão bem ouvir. 

Eu acreditei, mas fiquei em silêncio. Não disse nada. Guardei pra mim. Sabe?

Às vezes eu acordo e ele já está cantando. Nunca consegui segurá-lo na palma da minha mão. Sempre que tentei ele bateu suas asas e voou. Ele é tão livre, assim como o meu coração. 

Ele  sempre me convence a deixá-lo cantar e eu sempre me faço de difícil. Às vezes até finjo que minha cabeça está doendo. Prometo deixá-lo cantar outro dia. Mas ele insiste e acaba vencendo. 

Dentro do meu coração um pássaro canta, mas não é um pássaro qualquer. É o meu pássaro precioso.

Eu guardo ele no coração em total segurança. Eu quero que ele se sinta amado a ponto de nunca parar de cantar. Ele me mantém com esperança.

Mas eu não o prendo. Eu deixo sempre a porta aberta. Não existe corrente e nem gaiola. Existe apenas amor, fé e confiança.

Sempre que estou triste ele canta, sempre que estou feliz ele canta e sua voz me mantém na estrada da fé. Por isso, aqui venho te dizer para ouvir o seu coração e deixar ele cantar uma canção de paz, de fé, de Deus e esperança. 

Crônica do dia por Suélen Cursino

 

Deixe um comentário